Prologo – Reagrupando

Carla colocou a mão na barriga para segurar o corte que havia recebido, sua tia Adina estava com a espada ainda pingando com seu sangue. Ela espiou para ver o corpo sem vida de Dalmerith, eles não tiveram nem chance de enfrenta-los. As magias de Advenne e o poder destrutivo da melhor espadachim do mundo foram fatais.

– Por favor – pediu Carla – Eu posso explicar…

– Explicar! – gritou ela – Você matou meu irmão!

Adina correu para atacar mais uma vez Carla, mas Advenne a interrompeu.

– Calma querida – disse ele usando sua magia para levitar Carla – Ela não merece morrer pela espada: Desintegre maldita!

O corpo de Carla começou a despedaçar, seus gritos ecoaram: primeiramente sua pele se desprendeu da carne, depois a carne se esfarelou e por fim seus ossos viraram pó.

– CARLA! – gritou Dalmerith acordando a garota que estava suando na cama – Acorde querida!

Carla abriu os olhos bicolores horrorizada, mas aliviada por ter sido um pesadelo. Ela levantou e sentou-se na cama cobrindo o corpo com um lençol. O garoto pegou o jarro e encheu-o de água.

– Eu vi eles – disse ela bebendo a água – Era muito real. Vi meu avô e minha tia. Eles me despedaçaram.

– Calma – pediu Dalmerith – Foi apenas um pesadelo.

– Eu matei meu pai! – gritou ela – Existe lugar no inferno para quem faz isto?

– Não seja tão dura meu amor. Não culpe a você ou a ele, culpe a pedra!

Carla arregalou os olhos. Saltou da cama de uma só vez e correu até a mochila. Tirou uma flanela enrolada em torno da pedra Shuoa. Ela suspirou aliviada, depois se deu conta e encarou o namorado.

Dalmerith olhou para baixo e suspirou entristecido.

– Você achou que eu a tivesse pego?

Carla sacudiu a cabeça, mas não conseguia mentir. Ele vestiu as calças, pegou uma camisa e saiu do quarto.

– Dal! – ela o chamou mas ele não deu atenção, apenas bateu a porta.

Ela enfiou a pedra na mochila e começou a chorar. Ela sentia que vestia um fardo muito grande para uma adolescente. Como ela seria recebida pelos Chamouths?

* * *

Hikan viu com pesar a queda de seu forte. Felizmente as baixas foram minimizadas por seus recrutas e as maiores perdas eram materiais. Felizmente seus filhos haviam sido protegidos por Jirga no abrigo impenetrável.

Cegalia recebeu-os com relatórios preparados, mas Hikan só queria saber do que havia acontecido com Silvik. Ele havia  sido levado, mas o paladino sentia que o amigo ainda estava vivo. Não houve pausa para descanso: ele recrutou uma reunião com Endon, Aldresh, Cegalia e Stillgar para organizar um resgate.

– Espere – disse Aldresh – Precisamos resgatar Miner antes.

– Acho melhor nos focarmos em um problema de cada vez – disse Hikan.

– Por que Silvik é mais importante do que ela – reclamou Aldresh.

– Não é isto irmão – explicou Endon – É que Miner foi levada para Digarom precisamos enfraquece-lo primeiro.

– Eu não vou ficar aqui recebendo ordens de vocês – disse o ladino – Vou atrás dela eu mesmo!

Aldresh saiu da reunião, e Endon pediu paciência para Hikan. Cegalia arregalou os olhos em sinal de tédio e pediu para que Hikan prosseguisse a reunião.

– O que temos até então? – disse ela e Hikan pediu para Elissa mostrar o mapa.

– Temos alguns contatos informando de domínio de quinze reinos. Temos aliados atacando em diversos deles, mas em três em especial precisamos de intervenção – ela olhou para Hikan – Infelizmente não temos certeza que Silvik esteja em algum desses reinos.

– Quais são nossas opções então – perguntou Stillgar.

– Illiguerd, Hal-Has e Usgar – disse Elissa.

Anúncios

Deixe um comentário

Nenhum comentário ainda.

Comments RSS TrackBack Identifier URI

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s