Raças

Digared é um cenário de grandes e incontáveis conflitos. Lutas pessoais, religiosas ou ideológicas. Guerras em busca de poder, glória, vingança ou qualquer outro ensejo.  Um lugar tomado de monstros e demônios. Onde se criam tanto heróis quanto vilões.

Neste capítulo detalharemos os indivíduos que nascem e vivem neste fantástico mundo.

Na primeira parte apresentaremos as Raças. Explicando seus traços genéticos, suas sociedades e suas características gerais.

Na segunda parte apresentaremos as Classes de Personagens e suas alterações, seguindo com as Classes de Prestigio.

IDIOMAS

Numa terra cheia de raças distintas e com mais de 150 localidades entre cidades, aldeias e vilas, é muito comum existir uma infinidade de idiomas e dialetos diferentes.

O continente de Digared abriga uma variedade grande de idiomas raciais e locais. Sendo estes conhecidos em cada região. Cada raça possui o conhecimento de um ou mais idiomas.

Após a criação das grandes cidades, e do inicio do comercio inter-reinos, os comerciantes que viajavam de reino em reino, acabaram criando o idioma do comércio. O que facilitou um pouco a comunicação nestas situações.

Inicialmente o idioma do comércio possuía poucas atribuições, apenas palavras ligadas á barganha, mas mais adiante acabou ganhando desinências militares e sendo usado até mesmo em guerras.

Idiomas Brutos: são aqueles que deram origens aos idiomas raciais. São utilizados muito em magias e artefatos; Conhecidos pelos mais sábios. Um idioma racial se assemelha a um bruto, assim um personagem com o idioma Silvestre que é o idioma bruto do élfico, poderá fazer um teste com CD 10 para entender o idioma élfico.

Os idiomas brutos são: Silvestre (Sil), Dracônico (Dra), Celestial (Cel), Abissal (Abs), Subterrânea (Sub), Elemental (Elm);

Idiomas Raciais: São os idiomas criados nos tempos primordiais pelas raças humanóides, utilizando como base os idiomas brutos. São eles: Anão (Sub), Aquan (Ele) Auran (Ele), Centauro (Sil), Drow (Sub), Élfico (Sil), Gigante (Dra), Gnoll (Abs), Goblinoide (Abs), Halfling (Sil), Ígnea (Ele), Lagarto (Dra), Ninfas (Cel), Orc (Sub), Terran (Ele), Tritan (Aquan);

Idiomas Humanos: São os idiomas criados pelos povos humanos após a era do dragão verde, quando a raça humana se separou. Os idiomas humanos usam como base idiomas brutos, raciais ou ambos. E em alguns casos nenhum. Por isto alguns deles acabam sendo muito complexos.

Dialetos: os dialetos não são idiomas e sim linguagens coloquiais e gírias que um personagem adquire em determinadas localidades. Em alguns casos, dialetos são criados como códigos secretos, é o caso do dialeto dos ladrões. Os dialetos mais conhecidos são: Comércio, Ladrões, Piratas, Cavaleiros, Clérigos, Sinais, hieroglífico e Rúnico.

RAÇAS

Humanos

“Leva-se uma vida para entendê-los e uma ação para odiá-los.”

– Adelle, Elfa Negra.

Desde os tempos mais remotos de Digared, a raça dos homens começou a crescer muito além das demais. Já nos séculos iniciais eles já chegavam a 40% da população total do mundo. O que provocou um desconforto com as demais raças que viam o crescimento humano como uma grande praga, e que parecia já ser tarde demais para ser contida. Com isto alguns povos não humanos se isolaram para longe das civilizações e aglomerações humanas.

Mais tarde uma nova característica humana veio á tona. Ao final da Era do Dragão Verde, os humanos entraram em guerra contra a si mesmo, criando uma subdivisão da raça e dando origem a várias etnias.

Com o passar dos séculos, cada etnia se adaptou ou readaptou o ambiente ao seu favor. Muitas delas se modificaram criando novas características próprias, o que mostrou uma nova característica evolutiva dos humanos.

Atualmente oito etnias humanas dominam a maior parte das áreas povoadas por civilizações organizadas, algumas mais evoluídas: na tecnologia, ciência, magia e militar. Já outras nem tanto.

Humanóides

Além dos humanos, que com certeza são a maioria dentro do continente de Digared, existem diversas raças humanóides. Alguns diferem tanto nos traços e aparência como no modo e estilo de vida. No entanto a maioria dessas raças, não acompanha uma vasta variedade de povos como os humanos. Talvez por se tratar de civilizações menores ou por sua união.

Vejamos agora algumas das raças existentes dentro do cenário de Digared, tratando aqui primeiramente das raças civilizadas.



Mestiços

Quando há vasta diferença racial e em épocas de paz entre estas, é muito comum o bom convívio entre seres de raças diferentes. Este convívio social pode ir evoluindo para uma grande amizade ou até mesma para uma relação mais íntima. Dessa forma, normalmente, surgem os Mestiços.

A maioria dos mestiços surge desta união singular, mas alguns também surgem da violência. Indiferente o resultado será uma criatura humanóide com traços mistos e habilidades combinadas.

Algumas raças como as fadas, minotauros e centauros que possuem apenas um sexo geram mestiços apenas do sexo oposto: Fadas com humanos geram fadas em caso de fêmeas e mestiços caso sejam homens; O contrario para minotauros e centauros.

Anúncios

Deixe um comentário

Nenhum comentário ainda.

Comments RSS TrackBack Identifier URI

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s