Meio-Orc

“A ambição humana com a selvageria dos orcs… Não poderia resultar em boa coisa”.

– Ayllena Bayer dyn Lyn, Elfa

CARACTERÍSTICAS:

Cabelos: Pretos.

Olhos: Negros ou Castanhos.

Pele: Parda.

Altura/Peso Médio: 1,88m/86 kg mulheres e 1,95m/112 Kg homens.

Maturidade: 20 anos.

Estimativa de Vida: 95 anos

Movimentos: 6 quadrados.

Visão: Penunbra.

Bônus Habilidade: +3 Força e +2 Destreza.

Bônus de Perícia: +2 Tolerância, +2 Indimidação.

Resiliência dos Meio-Orcs: A primeira vez que você estiver sangrando durante um encontro, você ganha 5 de vida temporários pontos. O aumento temporário aumenta para 10 pontos no 11º nível e 15 no nível 21º.

Marcha Orc: Quando nescessita se movimentar para atacar um oponente, o orc pode adicionar dois quadrados ao seu movimento para este objetivo.

Carga de Investida: você ganha um bônus de +2 no ataque e dano, além do adicional, para quando for investir contra um inimigo.

Estomago Podre: Você recebe um bônus de +4 na Fortitude para resistir a venenos.

Valente: Sempre que enfrentar inigos que estejam em um nível de desafio maior que o seu nível ou com categoria de tamanho maior que grande, adicione um bônus de +2 em todos seus ataques.

Idiomas Naturais: uma humana e orc.

Idiomas Adicionais (escolha dois): anão, élfico, goblinoide, mantaro, rayvodio, ilitio, gnoll ou gigante.

Bônus de resistência dos meio-orcs: +2 na Fortitude.

Jogue com Meio-Orc se quiser…

  • Ser Grande, Forte e Rápido.
  • Aproveitar a Resistência e Poder de Combate.
  • Ser membro de uma raça Selvagem.
  • Os Meio-Orcs privilegiam as classes: Bárbaro, Guerreiro e patrulheiro.

Lendas antigas contam que magos malignos cruzaram orcs com humanos para que suas hordas pudessem cruzar grandes distâncias a luz do sol. Mas estas novas criaturas se rebelaram contra seus patronos e os destruíram.

Meio-Orcs se parecem com sua linhagem humana na aparência, mas distinguem-se pela pele, que tende a vários tons de cinza, maxilares largos, e inferior proeminente dentes caninos, embora estes ainda estão muito longe de serem presas como os orcs. Sobre média, eles são mais altos e mais fortes do que os seres humanos também.

A maioria dos meio-orcs que vivem entre os humanos, seguindo também seus estilos de roupas e cortes de cabelo, mas alguns adotam tradições orcs, amarrando ossos pequenos ou em contas de longas tranças ou cachos de cabelo.

Características dos Meio-Orcs: Bravo, autoritário, feroz, hedonista,
impulsivo, pavio curto, duro, desinibido, selvagem, vingativo, estimulado e viril.
Nomes Orcs Masculinos: Agoor, Blanca, Bontar, Bromer, Calon, Dorn, Druuk, Gnarsh, Grumbar, Hogar, Karash, Korgul, Krusk, Lubash, Mord, Morkoll, Oemer, Ohr, Rendar, Sark, Scrag, Tanglar, Tarak, Thar, Ugarth, Virmes, Yurk, Zentemer.

Nomes Orcs Femininos: Adar, Augh, Banla, Bree, Ekk, Feme, Franta, Fokar, Gaaki, Gala, Grai, Grigri, Gynk, Huru, Laika, Lagazi, Lilka, Murook, Nocu Nogu, Ootah, Pitala, Puyet, Tawar, Tomph, Ubada, Vanchu, Virga, Zanka.

Aventureiros Meio-Orcs

A seguir são descritos três exemplos de aventureiros Meio-Orc em Digared.

Tarak, um meio-orc ladino, está em sua cidade natal. Ele cresceu bruto e rude, e correu com gangues de rua e piratas. Tudo mudou quando um marinheiro caiu morto aos seus pés, deixando uma caixa misteriosa em posse de Tarak. A caixa era amaldiçoada e trouxe o caos em sua vida até que ele fugiu da cidade. Tarak não sabe o que está na caixa, o bloqueio foi estranho venceu todas as tentativas de abri-lo, e seu metal duro e resistente á rupturas. Mas, goblins e doppelgangers provaram-se dispostos a matar para pegar a caixa para si, despertando o interesse de Tarak.

Murook é uma guerreira, nascida e criada entre uma tribo orc. Ela foi uma obstinada defensora de sua tribo por anos, mas seus laços com os dogmas da ordem, lentamente a persuadiram para longe do culto de Kan-Kaos, que impulsionava a brutalidade dos orcs realizadas em seu nome. Ela seguiu seu caminho às terras humanas e tem lutado para se encaixar nessa nova sociedade, tentando deixar para trás as formas bárbaras de sua tribo e aprovar pelo menos um verniz de civilização, mas ela ainda se sente muito mais confortável entre as árvores e montanhas que confinados em uma cidade ou vila.

Dorn é um meia-orc patrulheiro que prefere não falar sobre seu nascimento e sua família. Ele passou a maior parte de sua vida em uma cabana nos arredores de uma aldeia agrícola, a caça e armadilhas na floresta circundante, mantendo para si mesmo e pedindo apenas para ser deixado sozinho. Sua vida virou de cabeça para baixo em seu trigésimo aniversário, quando um grupo de aventureiros parou na aldeia à procura de pistas de uma antiga ruína. Os aldeões direccionaram os aventureiros á Dorn, que concordou em orientá-los através da floresta. Ele nunca voltou para casa, porque a primeira aventura o levou a muitas outras mais.

Deixe um comentário

Nenhum comentário ainda.

Comments RSS TrackBack Identifier URI

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s