NOHËANS

Noheans

“Coragem, Sabedoria e Compaixão, são as três virtudes para aqueles que apreciam a liberdade”

– Lilihel, sacerdotisa de Fridha

CARACTERÍSTICAS:

Cabelos: Loiro ou Ruivo.

Olhos: Castanhos, Azuis ou Verdes.

Pele: Branca.

Altura/Peso Médio: 1,88m/90 Kg homens e 1,74m/ 66 Kg mulheres.

Maturidade: 18 anos.

Estimativa de Vida: 108 anos.

 

Movimentos: 6 quadrados.

Bônus de Habilidade: +2 Força e +1 Sabedoria.

Bônus de Perícia: +2 Tolerância.

Proficiência em Armas: os nohëans são proficientes com uso de machadinhas, espadas curtas e longas.

Terreno Familiar: Escolha um terreno, O personagem recebe +1 em todas as jogadas de exploração, furtividade, natureza e percepção, dentro do ambiente escolhido.

Talento Adicional: Escolha um talento adicional.

Idiomas Naturais: nohïm.

Idiomas Adicionais (escolha um): rúnico, orc, gigantes, ilitio, anão mantaro ou goblinoide.

Bônus resistência dos Nohëans: +2 Fortitude.

Jogue com Humanos Nohëans se quiser…

  • Ser Honrado e Selvagem.
  • Ser Audacioso e Temido.
  • Lutar em pró da sua família e do seu povo.
  • Os Nohëans privilegiam as classes: bárbaro, patrulheiro e druida.

 Poucos povos são tão temidos como os Nohëan’s. Nos tempos antigos, inumeráveis e indesejáveis forasteiros tentam invadir seus territórios, e foram recebidos com saraivadas de flechas cravadas em árvores.

 São organizados quase sempre em conselhos de guerreiros onde os que foram mais bravos em batalhas possuem os melhores postos. Ás mulheres, diferente da maioria dos povos de Digared, é atribuído funções da

criação dos filhos, agricultura e pecuária. Enquanto os homens são guardados para a guerra. No entanto recentemente, algumas notáveis amazonas receberam as honras dos homens.

            Angreifer foi escolhido como o deus principal dos Nohëans, e a quem diga que ele também adotou este povo como seu.

 

Sociedade: A sociedade Nohëan é dividida em clãs ou tribos, onde os guerreiros tomam as decisões dentro de um salão de guerra. Os clãs mais influentes chefiam as reuniões mais importantes, que ocorrem pelo menos uma vez por ano, sempre no inicio do inverno.

            Embora os Nohëans não possuam dissidências étnicas, quatro tribos se tornaram tão conhecidas quanto temidas por outros povos. São elas:

Gruffings: tribo Nohëan de procedências canibalescas que invadem e destroem aldeias de outros clãs e povos. Os Gruffings não aceitam a ordem nem se submetem a governos e deuses.

Hall Nohëan’s: também conhecidos como verdadeiros Nohëans são os mais influentes e numerosos. Dominam quase todas as aldeias do norte. Ficaram conhecidos por impedirem o avanço dos Mantaros no século IV da era do dragão vermelho. Em tempos difíceis são os Hall Nohëans que chefiam os demais clãs para a guerra.

Klayseres: os gigantes de Klaus como são chamados. Os Klayseres ficaram famosos por dominarem o uso de armas grandes e enormes e usarem elmos com chifres de touros. Na cidade de Amabel, domínio Ilitio, existe um monumento com um desenho de um Klayser empunhando uma árvore contra ogros.

Xadiscos: os Xadiscos saíram do norte e se aliaram a Ilitia na era Ilitia. Após as invasões Mantaras, eles quase foram extintos do continente. Os poucos Xadiscos ainda existentes vivem como escravos ou marginais no sul do continente. Dizem que Angreifer os amaldiçoou por abandonarem o norte.

Características dos Nohëans: autoritário, corajoso, audacioso, rude, vibrante, selvagem, temperamental, desbravador, impulsivo, impetuoso, belicoso, sincero, leal, confiante, vingativo, prestativo, empolgado.

Nomes Masculinos Nohëans: Alberich, Armin, Arne, Aurel, Axel, Balduin, Bardolph, Barend, Barthel, Bartholomäus, Benedikt, Berend, Bernd, Bernhard, Berni, Bertel, Claus, Clemens, Cölestin, Curt, Derek, Dietbold, Dietfried, Dietmar, Dietrich, Dionys, Ditmar, Eber, Ehrenfried, Elert, Emil, Erich, Euwald, Franz, Friedemann, Gaufrid, Gebhard, Gerd, Gereon, Gerhard, Gerhart, Gerlach, Gottfried, Gotthilf, Gregor, Hans, Hansel, Hartwin, Heine, Heinrich, Heinz, Helfrid, Helmuth, Hildebrand, Horst, Juergen, Jürgen, Karl, Karl-Heinz, Karlmann, Karol, Kaspar, Kay, Kevin, Klaus, Lars, Lorenz, Lukas, Luther, Lutz, Mainit, Niklas, Otmar, Poldi, Reinke, Rüdiger, Rudolf, Ruprecht, Sigismund, Soeren, Stoffel, Sven, Swen, Thorsten, Tim, Torsten, Udo, Ulrich, Utz, Valentin, Wieland, Wilhelm, Willi, Willibald, Willy, Wülfing.

Nomes Femininos Nohëans: Adele, Adelheid, Adelina, Agathe, Alena, Alix, Anke, Annett, Bertha, Betti, Bettina, Birgit, Christin, Cosima, Dagmar, Doreen, Eleonore, Elfriede, Elise, Ella, Elsbeth, Else, Emma, Erika, Erna, Franziske, Frieda, Gabriella, Gerda, Gerhaus, Gisa, Greta, Grisel, Hana, Hanneli, Heidi, Heike, Helene, Helma, Hermione, Hildegard, Ida, Ilse, Ingeborg, Ingrid, Irmgard, Janna, Julie, Jutta, Kaia, Karin, Karoline, Käte, Käthe, Kathrin, Kirsten, Laura, Lea, Lena, Lise, Mandy, Nadja, Rahel, Sabine, Sarah, Sibylle, Silke, Sophie, Steffi, Susann, Tabea, Tanja, Theda, Trudeliese, Valerie, Valessa, Zella, Zissi.

Vestuário: Os Nohëans utilizam roupas pesadas e peles para se vestirem, evidentemente por causa das baixas temperaturas em que vivem. Por baixo os homens usam uma camisa de tecido grosso e as mulheres camisolão, nunca mais do que isto, pois do contrario o suor pode congelar seus corpos. Os guerreiros geralmente usam elmos cônicos, mesmo quando estão á paisana.

            As vestes femininas são em algumas comunidades semelhantes as dos homens, para facilitar o trabalho e até alguma eventual batalha. É sempre importante, mesmo entre as mulheres, carregar uma arma consigo.

Aventureiros Nohëans

            Segue abaixo três exemplos de aventureiros Nohëans:

            Krugër, filho de Karl-Azell, é o príncipe bárbaro das profecias druidicas que reuniria os exércitos dos clãs tribos exilados. Possuindo o privilégio de conhecer seu destino, ele resolve viajar pelo continente em busca de aventura e desafios antes de cumprir seu dever. Krugër quer possuir mais que o seu direito de nascença, ele busca merecer a sua sina.

            Valleska é uma patrulheira que vive nos arredores de Apoesh. Filha de um respeitado druida e irmã de um lendário guerreiro, ela decidiu abandonar o seu clã klaysere para fazer seu próprio nome no continente. Valleska é um tanto selvagem em combate, causando muito temor àqueles que a enfrentam, mas em contra partida ela é extremamente prestativa e leal com seus companheiros e protegidos.

            Lilihel nasceu longe de seu clã, bem ao sul do continente. Seus pais eram escravos nohëans capturados em guerra, mas graças ao esforço de seu pai, ela nasceu livre. Já adulta ela conheceu e se aliou a Krugër que a levou finalmente para conhecer seu povo. Lilihel se torna uma druidisa, assim como seus antigos antepassados previam.

Anúncios

Deixe um comentário

Nenhum comentário ainda.

Comments RSS TrackBack Identifier URI

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s